COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO

Conheça aqui a história da consultora Valéria Rodrigues Moreira, do escritório de Maringá (PR), que em 2012 saiu do Brasil e morou cinco anos na Europa. Vamos lá? A vida de intercambista de Valéria começou um pouco diferente, isso porque a ideia partiu de seu marido. Na época, ele trabalhava em uma multinacional e precisava do inglês, portanto o intercâmbio surgiu como a melhor opção para aprender o idioma, já que haveria uma imersão. O destino escolhido foi Dublin, capital da Irlanda. Professora e lecionando há 12 anos em uma escola particular, Valéria apoiou a ideia, mas tinha decidido ficar no Brasil, pois a intenção era comprar um apartamento. “A compra não deu certo, então decidi embarcar com ele para Irlanda, mesmo não dominando o idioma, e ainda que tivesse medo de viver essa aventura”, relembra. [caption id="attachment_8631" align="aligncenter" width="960"] Valéria e Rubens na Irlanda. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   - LEIA TAMBÉM: Tudo sobre o intercâmbio na Irlanda - E foi assim, em julho de 2012, que o casal embarcava para Ilha Esmeralda, com o intuito de ficar apenas por seis meses. “Cheguei em Dublin e do avião já estava maravilhada e, ao desembarcar, fiquei encantada com a cidade. Tudo muito organizado, um lugar lindo e aconchegante”, conta. Sem falar nada de inglês, ela percebeu que teria que se dedicar muito para conseguir um trabalho. Portanto, estudou bastante e aproveitou todas as oportunidades e aulas extras na SEDA College. [caption id="attachment_8630" align="aligncenter" width="770"] Estudando na SEDA College. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   Após três meses de dedicação, a intercambista conseguiu o meu primeiro trabalho como Aupair. “Minha experiência foi fantástica, pois como já trabalhava com crianças antes do intercâmbio, em todas as famílias que trabalhei aprendi muito e meu inglês melhorou bastante”, explica. Quando Valéria percebeu, ela já estava fazendo sua primeira viagem para conhecer dois países. Viagem que foi muito significativa, pois já havia renovado o seu curso de inglês, e assim permaneceria por mais um ano na Irlanda. (Naquela época o visto de estudante na Irlanda era de 12 meses). [caption id="attachment_8629" align="aligncenter" width="770"] Londres, Inglaterra. Foto: Arquivo Pessoal[/caption] - LEIA TAMBÉM: Quem faz a SEDA Intercâmbios? Conheça a história da consultora Fernanda Motta nos Estados Unidos - Com a rotina forte de estudos, que era o foco principal, e também o trabalho, a estudante passou por momentos difíceis no intercâmbio. “Desenvolvi uma doença chamada psoríase, pois estava com o meu emocional abalado. Queria estar na Irlanda junto com o meu esposo, mas também queria muito voltar para o Brasil”, relembra. “Pensamos bem, a doença passou e lá estava eu conquistando mais um objetivo, a minha última renovação”, complementa. Durante os três anos que ficou na Irlanda, Valéria foi Aupair e Childminder de três famílias, trabalhou como cleaner, segurou placa na rua, fez voluntariado, foi escritora de pautas em um dos maiores sites de intercambio da Irlanda e exerceu sua profissão dando aula de português para nativos.

“As maiores conquistas durante o intercâmbio foram ter conseguido me superar como pessoa, enfrentando momentos e situações que eu jamais imaginava ser capaz de enfrentar, e aprender um novo idioma com facilidade. Aprendizados que levarei para a vida.

Depois de tudo isso, a trajetória dela fora do Brasil ainda não havia terminado.  Em 2015, o casal partiu para Portugal, onde morou por dois anos. E foi em Portugal que ela começou a trabalhar como consultora de intercâmbio e a ajudar outras pessoas a realizarem o sonho de estudar no exterior. [caption id="attachment_8628" align="aligncenter" width="770"] Porto, Portugal. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   “Foi fácil ficar mais de cinco anos fora do Brasil? Não, mas ninguém disse que seria fácil e a bagagem que levo comigo, os países que conheci, as comidas que provei, os sabores que senti, as sensações que tive me fizeram ser essa pessoa que sou hoje, muito mais forte e responsável”, finaliza. Atualmente, Valéria é responsável pela unidade de Maringá da SEDA Intercâmbios. Quem quiser entrar em contato com a Valéria pode enviar um e-mail para valeria@sedaintercambios.com.br. VISITE A SEDA INTERCÂMBIOS MARINGÁ Av. São Paulo, 1061 – Sala 1004 – Zona 01 Maringá – PR Tel: (44) 4102-0777 -- O Grupo SEDA conta com a SEDA IntercâmbiosSEDA CollegeSEDA MBASEDA Hub, SEDA Live e  SEDA College Online, clique e conheça!

OUTROS CONTEÚDOS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

09/09/2021

Curiosidades, Dicas de Intercâmbio, Dublin e Irlanda

10 curiosidades sobre Dublin que você precisa saber

10 curiosidades sobre Dublin, na Irlanda, para você conhecer um pouco mais desse país que vem conquistando estudantes de todo o mundo!

SAIBA MAIS

09/09/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

Estágio remunerado no Canadá? Descubra como pode ser fácil!

Muitos intercambistas querem fazer estágio remunerado no Canadá, mas não sabem por onde começar. E hoje nós vamos mostrar aqui pra vocês como pode ser fácil tirar esse objetivo do papel, porque trabalhar no exterior …

SAIBA MAIS

20/08/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

5 coisas para ver e fazer no Canadá durante o seu intercâmbio

Raramente um país tem tanta variedade e beleza natural como o Canadá, por isso decidimos separar top 5 coisas para você ver e fazer no seu intercâmbio nesse país espetacular!!

SAIBA MAIS

20/08/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

Canadá é o destino preferido dos brasileiros para fazer intercâmbio, entenda o por quê

O Canadá continua sendo o destino preferido dos brasileiros para fazer intercâmbio segundo pesquisas e nesse post você entenderá o motivo. Vem conferir!

SAIBA MAIS

nossos
EVENTOS