COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO

Conheça a história do consultor Rafael Matos Godoy, que fez seu primeiro intercâmbio na Irlanda e agora partiu para uma nova experiência na Austrália. Confira! Rafael decidiu fazer intercâmbio com o intuito de se destacar profissionalmente. Ele trabalhava em uma empresa multinacional de eventos, e acreditava que o inglês poderia lhe ajudar a melhorar seu currículo e até conseguir uma promoção. Assim, em janeiro de 2010 ele embarcou para Dublin, na Irlanda. Além das facilidades para o intercâmbio no país, um certo mistério sobre a Irlanda também o fez escolher o destino. “Era um lugar que eu nem imaginava que existia, até chegar e conhecer todas as belezas e paisagens”, conta. [caption id="attachment_8778" align="aligncenter" width="720"] Cliffs of Moher, na Irlanda. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   Sobre as principais dificuldades, ele que conta que no início o idioma pesou, além de não conhecer ninguém no país. Porém, depois ele acabou fazendo amizades, inclusive com pessoas de diferentes nacionalidades. “Eu achava que era homem quando morava no Brasil, mas eu virei homem mesmo quando fiz o intercâmbio. Eu tive que fazer tudo por mim, então eu aprendi muito com isso”, afirma. - LEIA TAMBÉM: Quem faz a SEDA Intercâmbios? A história de Alana Cambruzzi na Irlanda - Para Rafael, os irlandeses são muito receptivos e animados. Inclusive, ele gostava muito da vida noturna. “Eu saia de um pub para outro e depois ia para casa de amigos terminar a festa”, relembra. [caption id="attachment_8782" align="aligncenter" width="475"] Foto: Viagem para Londres. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   Além de aprender o inglês e a grande facilidade para viajar, as amizades também marcaram muito seu intercâmbio na Irlanda, que durou até dezembro de 2012. “É uma experiência de vida. Lá fiz coisas que achava que nunca faria e agora eu dou valor, mas acima de tudo me tornei muito mais humilde”, ressalta. E como a experiência fora do Brasil foi incrível, em julho de 2018 Rafael partiu para mais uma aventura, agora em Brisbane, na Austrália. [caption id="attachment_8759" align="aligncenter" width="770"] Em Brisbane, na Austrália. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   A ideia do segundo intercâmbio veio pelo sonho de ir para Austrália, vivenciar uma nova cultura e aproveitar o clima tropical. Aliás, o clima e as praias australianas são algumas das coisas que ele mais gosta no país. “Depois do primeiro intercâmbio você vira intercambista para sempre, pois é bom demais conhecer outras culturas, pessoas e costumes diferentes. Mesmo já tendo feito um intercâmbio, aqui sinto como se tivesse no primeiro, porque tudo é novidade e bem diferente da vida que tive em Dublin”, conta. Para ele, essa nova etapa tem sido um pouco mais tranquila, já que possui mais facilidade com o idioma e não tem tanto medo como tinha na primeira vez. Ele afirma estar usando bastante do que aprendeu em Dublin. [caption id="attachment_8780" align="aligncenter" width="770"] Praia na Austrália. Foto: Arquivo Pessoal[/caption]   Mas nem tudo é tão fácil assim, já que, para ele, o sotaque australiano é mais difícil de entender. “Achei que era complicado entender o pessoal da Irlanda, mas aqui eles superam, até parece outro idioma”, revela. O consultor ainda fala sobre outros aspectos entre Irlanda e Austrália. Para ele, na Austrália foi mais fácil encontrar trabalho, mas o custo de vida é mais alto que na Irlanda. “Ganhando em euro era tranquilo comprar roupas e eletrônicos, mas aqui o custo é alto mesmo ganhando em dólar”, explica. - LEIA TAMBÉM: Intercâmbio na Irlanda ou Austrália? Entenda as diferenças! - Seja na Irlanda ou Austrália, o intercâmbio mudou a vida de Rafael. Ele afirma ter se tornado uma pessoa muito melhor, pois deixou para trás pensamentos e ambições fúteis. “Abri minha mente que o mundo não é só meu bairro, minha cidade ou meu país, e a gente tem uma imensidão de lugares para conhecer”, conta.

“Tudo que eu conquistei profissionalmente foi devido ao meu primeiro intercâmbio e a experiência que tive. Só estou aqui porque queria algo novo, sair da zona de conforto e por isso me joguei no mundo novamente”, finaliza.

Quem quiser entrar em contato com o Rafael pode enviar um e-mail para rafaelgodoy@sedaintercambios.com.br.

-- O Grupo SEDA conta com a SEDA IntercâmbiosSEDA CollegeSEDA MBASEDA Hub, SEDA Live e  SEDA College Online, clique e conheça!

OUTROS CONTEÚDOS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

09/09/2021

Curiosidades, Dicas de Intercâmbio, Dublin e Irlanda

10 curiosidades sobre Dublin que você precisa saber

10 curiosidades sobre Dublin, na Irlanda, para você conhecer um pouco mais desse país que vem conquistando estudantes de todo o mundo!

SAIBA MAIS

09/09/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

Estágio remunerado no Canadá? Descubra como pode ser fácil!

Muitos intercambistas querem fazer estágio remunerado no Canadá, mas não sabem por onde começar. E hoje nós vamos mostrar aqui pra vocês como pode ser fácil tirar esse objetivo do papel, porque trabalhar no exterior …

SAIBA MAIS

20/08/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

5 coisas para ver e fazer no Canadá durante o seu intercâmbio

Raramente um país tem tanta variedade e beleza natural como o Canadá, por isso decidimos separar top 5 coisas para você ver e fazer no seu intercâmbio nesse país espetacular!!

SAIBA MAIS

20/08/2021

Canadá e Dicas de Intercâmbio

Canadá é o destino preferido dos brasileiros para fazer intercâmbio, entenda o por quê

O Canadá continua sendo o destino preferido dos brasileiros para fazer intercâmbio segundo pesquisas e nesse post você entenderá o motivo. Vem conferir!

SAIBA MAIS

nossos
EVENTOS