COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO

Uma das coisas mais legais do intercâmbio é a troca de experiências entre todos que estão no mesmo barco. E no último sábado (18), um intercambista, que está estudando em Dublin, mandou uma série de dicas, no Facebook, para quem está passando pelas mesmas dificuldades que ele passou. Felipe Antunes, compartilhou na página Classificados Dublin alguns conselhos que, acreditem, podem te ajudar, e muito, nessa jornada. Veja: ALERTA! Textão, recomendado para novatos em Dublin e pra quem ainda não tem emprego ou lugar para morar, também para quem está insatisfeito com o que tem. EMPREGO e MORADIA são palavras em destaque por aqui, como não posso ajudar diretamente a cada um, tentarei destrinchar os hábitos e experiências que me ajudaram a ter emprego desde o 1º mês e moradia de qualidade e preço justo no centro da cidade. FAÇA “FRIENDS” – Sim, faça friends, não só amigos. Mania de quem chega aqui é se agarrar no primeiro grupo de brasileiros da escola, e ir direto pro samba de quarta ou Diceys de domingo. Os brasileiros são unidos e lhe ajudarão sim, mas os irlandeses são tão acolhedores quanto e lhe servirão não só com recomendações consistentes, mas também com a evolução do seu inglês. Inglês este que será a peça principal para um bom emprego e acomodação. O “NÃO!” VOCÊ JÁ TEM – Bom, essa já é minha filosofia desde muito cedo na vida. O não está intrínseco em todas as questões. Ou seja, se você não for lá e tentar o SIM, continuará com o não que já tinha, e pior, na dúvida e angústia de pelo menos um TALVEZ. Portanto, não se limite aos conselhos de quem teve experiências negativas, vá e tente. Exemplo: Sempre ouvi dizer que seria impossível trabalhar como vendedor em Dublin (emprego que, dentre os permitidos para a minha capacitação, era aquele que eu mais almejava) e que mesmo com inglês avançado, eles não iriam nem ler meu CV por não ter passaporte europeu e por ser estudante em tempo integral. Resumo? Hoje faço parte do time Massimo Dutti na Grafton Street, part-time, junto com mais outros 7 brasileiros. Como eu consegui? Além de estar no lugar certo, na hora certa, eu estava preparado e consciente de todas as dicas que exponho aqui. TENTE, MAS TENTE COM ESTILO – Quem nunca ouviu a expressão “A primeira impressão é a que fica”? Pois é, essa é uma máxima da vida. Vejo aqui muitos dizendo que entregam até 10 currículos por dia ou que enviaram mensagens para todos as vagas de moradia existente. O que significa que estas pessoas já superaram a dica 2 (O “NÃO!” VOCÊ JÁ TEM), e que vem tentando rigorosamente por uma oportunidade, no entanto, se passar 2 semanas e você não estiver colhendo resultados, mude seu estilo. Como? Primeiro, saia de casa “Vestido para matar!”, sei que o frio incomoda e nos impossibilita de brincar com o guarda-roupa, mas invista na sua aparência, ela abrirá portas, você vai perceber que aqui em Dublin não existe final de semana, todo dia é dia: de beber, trabalhar, estudar e quem sabe, não arranjar uma paquerinha perdida por ai. Segundo, seja confiante, principalmente na comunicação, pois houve uma época em que andei avaliando currículos para contratar um KP e barista para o local onde trabalhava, e sinceramente, além dos currículos monótonos, as entrevistas pareciam uma tortura para o entrevistado, que em diversas vezes, se contradizia e/ou e aparentava vencido antes mesmo de receber a resposta, recomendo a leitura de livros (se possível em inglês) que fale sobre apresentações e comunicação. Terceiro, qual o seu diferencial? Linhas acima falei sobre os currículos monótonos que recebia, estes, eu já lia com um pé atrás, não só no CV, mas em todos os outros aspectos sobre você (físicos, profissionais, pessoais, etc), destaque sempre de 2 a 3 de suas maiores qualidades, é comprovado que no primeiro momento, é esse o número máximo de características que conseguimos absorver sobre alguém. Exemplo: Se você tem mãos e cabelos bonitos, não fique de luva e toca no meio de uma entrevista, se você é entendido de musica ou futebol, tente direcionar as conversas para estes assuntos, e assim vai... Lembre-se: “Se você não for visto, não será lembrado” HÁBITOS – Certa vez ouvi dizer que para ter novas ideias e ser mais criativo, eu deveria experimentar o novo e quebrar a rotina com mais frequência. Comecei a praticar isso ainda no Brasil, quando no último ano da faculdade, eu que sempre pegava o mesmo caminho de casa para a Universidade, e vice-versa, comecei a varia-lo, alternando dia sim e dia não as 3 possíveis rotas, moral da história? me sentia menos incomodado com o trânsito e por consequência mais feliz e inspirado. O que quero passar com isso é que, se você insistir em, novamente, só sair com as mesmas pessoas (e ainda brasileiros), frequentar só os mesmos lugares (e ainda Diceys e Australiano), comer a mesma comida (Nescau, Coxinha, etc), pegar sempre o mesmo caminho, e não explorar ao máximo todas as experiências que lhe permite um intercâmbio, você não vai só ficar sem trabalho e moradia, vai ficar sem graça também. Por isso, faça chuva ou faça céu nublado, por que sol eu sei que não vai fazer, vá para uma academia, nem que seja pra conversar e paquerar, vá ler um livro (em inglês, por favor) em parques, e pratique atividades sociais com mais frequência (e não me refiro somente a balada e pubs, tem um aplicativo chamado MeetUp, que reuni pessoas para todos os tipos de atividades em grupo possíveis, recomendo!) Uma vez que você criar novos hábitos e sair da mesmice, você ficará mais criativo e encontrará saídas para os principais problemas da sua vida, seja EMPREGO, MORADIA, ou qualquer outro. SORTE – Por fim, mas não menos importante, venho falar da sorte. Na verdade, isso não é uma dica, mas uma informação valiosa. Sempre vejo as pessoas comentarem sobre as conquistas das outras como “SORTE”, e as derrotas como “AZAR”, enfim, raras são as conversas entre pessoas conscientes do seu papel: social, pessoal e profissional. A SORTE e AZAR bate todos os dias na porta de cada um, o problema é de quem abre. Eu acredito sim que exista sorte, como falei lá em cima que consegui o emprego por estar no lugar certo, na hora certa; também consegui um bom lugar para morar, por ter atualizado meu Daft.ie na hora certa e ter encontrado flatmates e Landlord certos. Acontece que, a sorte só me serviu porque eu estava capacitado para o emprego, porque eu sabia me comunicar e me apresentar para os moradores do apartamento, porque eu tentei diuturnamente, e só Deus sabe o quanto, melhorar de vida nesse país desde o primeiro dia em que pisei aqui. Não foi fácil meu primeiro emprego, quando ainda inverno, ficava na rua panfletando para um LapDance até de madrugada, mas eu era muito, mas muito grato de ter aquele emprego, que era pouco, mas era alguma coisa. Minha amada mãe (economista e afiada na matemática da vida) sempre me ensinou que $1,00 por hora, somado a experiência de aprender e gerar recomendações, era melhor do que ficar em casa procurando R$10,00 p/ hora, estático e sem novas aquisições cognitivas. Isso fez com que eu aceitasse o primeiro emprego que aparecesse; e o primeiro sofá que me coubesse, mas sempre ciente de que não ficaria acomodado a situação e que incansavelmente procuraria avançar, devagar, mas sempre, pois só assim a gente chega longe.

OUTROS CONTEÚDOS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

16/07/2021

Irlanda

8 filmes e séries para você conhecer a Irlanda sem sair de casa

Se você ama cultura, mas também ama natureza, a Irlanda é o país perfeito para o seu intercâmbio. Separamos 8 filmes e séries para você assistir antes de embarcar para a sua viagem dos sonhos!

SAIBA MAIS

14/07/2021

Dicas de Intercâmbio e Irlanda

Intercâmbio Irlanda: um guia para você estudar no país

Já fizemos aqui no blog um roteiro de viagem para Irlanda e guias de intercâmbio para vários lugares. Mas dessa vez vamos fazer um guia para quem vai fazer intercâmbio na Irlanda. Confira!

SAIBA MAIS

12/07/2021

Dicas de Intercâmbio e Irlanda

Tudo sobre o intercâmbio na Irlanda

A Irlanda é uma ilha localizada na Europa cheia de história e muito verde. O país, que tem fama ter uma população acolhedora, está no ranking dos destinos mais procurados para fazer intercâmbio pelos brasileiros. Confira nesse post alguns motivos para esc

SAIBA MAIS

14/04/2021

Canadá e Vancouver

University Canada West: conheça os programas elegíveis a PGWB da escola

Além de ser um dos destinos preferidos dos jovens estudantes e profissionais, o Canadá se destaca por suas universidades particulares de alto nível.

SAIBA MAIS

nossos
EVENTOS